Telefone:

(011) 97333-2909 | (011) 99006-4900

Emergência

24 horas

Agendar

Agende um Atendimento Aqui

Emergência

24 horas

Agendar

Agende um Atendimento Aqui

O Que é o Alcoolismo?

O alcoolismo é uma doença ou um vício em álcool que não distingue idade, gênero ou classe social, ou seja, pode afetar qualquer pessoa.

Apesar de atingir um percentual de até 10% de toda a população mundial, o que é um número preocupante, ainda há muitas pessoas que conhecem pouco sobre esse problema.

Sendo assim, é essencial mostrar questões ou informações relativas ao alcoolismo, como é o caso dos sinais ou sintomas da doença.

Isso ajuda com que pessoas que sequer sabem que estão sofrendo com o vício em álcool possam identificar, em si mesmas, o problema que possuem.

Portanto, a partir de agora, esse artigo irá trazer tudo o que você precisa saber a respeito do alcoolismo.

Quer saber todas as informações em relação a esse importante assunto? Então não deixe de acompanhar esse texto até o final!

 

Tudo o que você precisa saber sobre o alcoolismo

O que é o alcoolismo?

O alcoolismo é uma doença, reconhecida pela Organização Mundial da Saúde (OMS), caracterizada pela dependência que um indivíduo apresenta em relação ao consumo de álcool.

Além disso, a OMS classificou-a ainda mais detalhadamente como um conjunto de fenômenos comportamentais, cognitivos e fisiológicos desenvolvidos após o uso repetitivo ou constante de bebidas alcoólicas.

Sendo assim, um alcoólatra é aquela pessoa que por possui dependência de álcool, consome bebidas em excesso de maneira frequente.

Mas quais são os principais sintomas e sinais do alcoolismo?

 

Principais sintomas e sinais do alcoolismo

Pessoas alcoólatras, ou seja, que apresentam vício em álcool apresentam uma série de sintomas e de sinais decorrentes dessa doença.

Entender quais são eles torna-se de suma importância para que o próprio indivíduo possa reconhecer o problema que possui ou para outras pessoas reconhecerem o mesmo em familiares e amigos.

Sendo assim, os sintomas mais comuns que podem ser descritos por pessoas que sofrem com o alcoolismo são:

 

  • Desejo forte e incontrolável de consumir bebidas alcoólicas

 

  • Uso contínuo do álcool, mesmo sentindo os efeitos negativos ou prejudiciais da substância

 

  • Dificuldade no momento de controlar o consumo de bebidas alcoólicas, o que significa que o indivíduo não consegue parar de beber após começar

 

  • Aumento da tolerância ao álcool, ou seja, é necessário sempre mais doses de bebidas alcoólicas para que seja possível obter os efeitos antes alcançados por uma menor quantidade da substância)

 

  • Priorização do consumo de álcool em relação a outras atividades ou obrigações, como ir ao trabalho, sair ou estar presente com a família, cancelamento de compromissos, etc.

 

  • Sintomas de abstinência após passar um período de interrupção no consumo de álcool, principalmente após um episódio em que se ingeriu muita bebida alcoólica (ansiedade, tremores, sudorese, náuseas)

 

Quais são as consequências do alcoolismo para o indivíduo alcoólatra?

Agora que você viu o que é o alcoolismo e quais os sinais ou sintomas desse tipo de vício, é hora de entender as consequências dele para o indivíduo alcoólatra.

As consequências podem ser divididas entre aquelas de curto prazo, e também as de médio e de longo prazo.

 

Consequências de curto prazo do alcoolismo

As consequências de curto prazo variam de acordo com a concentração de álcool na corrente sanguínea, que está diretamente relacionada com a quantidade de consumo.

Pessoas com altos níveis de álcool no sangue tendem a apresentar sintomas relacionados com a intoxicação alcoólica, além também de alterações de consciência.

Assim, as consequências de curto prazo do alcoolismo podem ser:

 

  • Humor instável de forma frequente
  • Déficit de atenção, que aumenta com a quantidade de álcool no sangue
  • Fala arrastada
  • Falta de coordenação motora, muitas vezes com o risco de queda
  • Comportamento fora do considerado adequado, sendo muitas vezes invasivo e inconsequente
  • Falta de discernimento
  • Episódios de falta de memória, não lembrando-se do que ocorreu após começar a beber

 

Consequências de médio ou de longo prazo do alcoolismo

As consequências de médio ou de longo prazo do alcoolismo tendem a ser muito mais severas, já que compreendem o acúmulo excessivo da substância no organismo.

Essas consequências deixam de ser apenas associadas às questões físicas ou comportamentais de momento, passando a envolver também problemas psicológicos, sociais e até laborais.

Entre essas consequências, podem ser citadas:

 

  • Problemas fisiológicos: nos sistemas cardiovasculares, digestivos, renais, neuromusculares e até mesmo sexuais

 

  • Problemas psicológicos ou emocionais: transtorno depressivo, demência, psicose, crises de abstinência, ansiedade generalizada

 

 

Como tratar o alcoolismo?

Por último, torna-se importante conhecer a respeito de como é possível tratar o alcoolismo, de modo a permitir que a pessoa com vício volte a ter uma vida normal.

O tratamento do alcoolismo pode ser descrito como multimodal, ou seja, é realizado de diversos modos, normalmente de maneira integrada.

O tratamento medicamentoso, o tratamento médico, a terapia especializada individual e os grupos de apoios são formas de tratar o alcoolismo que devem ser utilizadas conjuntamente.

Nem sempre o indivíduo alcoólatra possui discernimento suficiente para pedir auxílio, principalmente quando o mesmo não reconhece que possui o vício.

Quando isso ocorre, muitas vezes é necessária a intervenção familiar para que o mesmo possa receber o tratamento adequado de acordo com o grau de vício e gravidade da doença.

Uma das formas de se tratar do alcoolismo é por meio da internação em clínicas de reabilitação para alcoólatra, como as que possuímos no Grupo Braços Abertos.

Nossas clínicas contam com preparo para receber tanto os pacientes internados por meio da internação voluntária quanto a internação involuntária.

Além disso, possuímos espaços exclusivos para tratar homens, mulheres, adolescentes e idosos, garantindo maior conforto para cada um desses grupos.

Contando com profissionais especializados como médicos e psicólogos, além de funcionários treinados para atender pacientes nessa área, possuímos clínicas de reabilitação espalhadas por todo o país.

 

Conclusão

Como você viu, o alcoolismo é uma doença séria, reconhecida pela OMS, e que pode afetar um indivíduo em diferentes aspectos da sua vida, como físico, social e psicológico.

Neste texto, nosso objetivo foi mostrar tudo de mais importante a respeito do alcoolismo, como é o caso dos sinais ou sintomas, das consequências da doença e das formas de tratamento da mesma.

Gostou do artigo de hoje sobre o que é o alcoolismo?

Se você ficou com alguma dúvida sobre esse assunto, entre em contato conosco.