Telefone:

(011) 97333-2909 | (011) 99006-4900

Emergência

24 horas

Agendar

Agende um Atendimento Aqui

Emergência

24 horas

Agendar

Agende um Atendimento Aqui

A importância do convênio odontológico no tratamento contra o alcoolismo

Problemas com álcool desencadeiam uma série de problemas no organismo, dentre eles com a saúde bucal. Por isso, é importante fazer uma relação entre plano odontológico e alcoolismo e entender quais os diagnósticos e tratamentos possíveis para esse tipo de problema.

O alcoolismo se trata da dependência de uma pessoa com o álcool. O uso constante dessa substância, de uma forma descontrolada e progressiva, compromete de forma expressiva o funcionamento do organismo e pode levar a complicações sem resolução.

A dependência do álcool afeta não só a saúde e a vida do dependente, como também o convívio familiar, social e no trabalho, com o indivíduo comprometido se tornando cada vez mais difícil de se relacionar.

Os institutos especializados em saúde já classificam o alcoolismo como uma doença crônica.

A Organização Mundial da Saúde (OMS), por exemplo, a define detalhadamente como um conjunto de fenômenos comportamentais, cognitivos e fisiológicos que se desenvolvem após o uso repetido de álcool.

Inclusive, a OMS já disponibilizou dados recentes mostrando que aproximadamente 3% da população brasileira acima de 15 anos é considerada alcoólatra.

Pode parecer pouco, mas essa porcentagem sinaliza que ao menos 4 milhões de pessoas são alcoolistas.

Tratamento

Não existe cura para o alcoolismo, mas tratamentos que controlam o vício e se adequam à gravidade do caso e acolhimento do indivíduo ao tratamento.

O primeiro passo, sempre, é o reconhecimento do próprio viciado de sua situação e a disposição para tentar mudá-la.

Muitas vezes, podem ser utilizados medicamentos para desintoxicar o organismo e interromper o consumo do álcool por parte do indivíduo. A partir disso, é feito o encaminhamento para lugares de tratamentos terapêuticos, programas de ajuda e etc.

Em todo esse processo, é necessária a participação da família, dando o apoio e incentivo ao paciente que está ingressando no tratamento.

Métodos terapêuticos que ajudam no tratamento:

  • Grupos de apoio;

  • Terapia cognitivo-comportamental;

  • Terapia de aversão;

  • Terapia comportamental;

  • Terapia familiar;

  • Psiquiatria;

  • Aconselhamento.

Alcoolismo e saúde bucal

O consumo abusivo de álcool, drogas diversas e tabaco podem causar alterações emocionais e uma série de impactos físicos na saúde do corpo e da boca, tendo como principal consequência a perda dos dentes.

Por isso a importância de recorrer também a um acompanhamento com plano odontologico para quem é dependente.

O álcool em excesso corrói o esmalte do dente, deixando-o vulnerável a cáries, periodontite, câncer na boca ou mesmo problemas no sistema digestivo e cardiorrespiratório.

Inclusive, estudos mostram que o tabaco associado ao álcool potencializa o desenvolvimento do câncer na cavidade bucal, podendo causar também a redução do fluxo salivar, perda da sensibilidade gustativa e compromete as mucosas orais, alterando o pH.

Por isso, é interessante que se o familiar de algum dependente tenha um plano dental coletivo empresarial, cheque abrangência e verifique a oportunidade do indivíduo fazer consultas junto ao plano, de modo a tratar a cavidade e tenha acompanhamento do vício.

Além disso, pessoas que sofrem com o alcoolismo, geralmente, acabam ficando desanimadas e com problemas na saúde emocional, que impactam na prática de hábitos de higienização bucal, deixando a boca mais vulnerável à doenças bucais.

Por isso, os hábitos diários precisam ser reforçados, como escovar os dentes corretamente ao final de cada refeição, passar fio dental diariamente e bochechar o enxaguante bucal.

Tais práticas precisam estar na rotina de todos, assim como ir a um dentista de convenio odontologico ou particular a cada seis meses para avaliação do quadro odontológico.

Ao ir a um consultório odontológico profissional com frequência, o profissional poderá acompanhar o andamento da saúde bucal do paciente e realizar os tratamentos necessários para melhorar a saúde e aparência do sorriso.

Oportunidade

Além de todo o processo de recuperação da saúde do alcoólatra, para a melhora na vida é importante que seja inserido em ambientes de oportunidades e estímulos.

Portanto, essas pessoas precisam ser olhadas com atenção e cuidado para um processo de ressocialização, algo fundamental para um melhor convívio na sociedade.

Com um emprego, por exemplo, o dependente pode levar a vida de uma maneira diferente e receber uma segunda chance. Além disso, tendo o benefício de um plano odonto empresarial, ele consegue cuidar e melhorar sua saúde geral e a qualidade do sorriso.

Cabe ressaltar, no entanto, que não é apenas por meio do trabalho registrado que se consegue uma nova oportunidade na vida, as pessoas devem seguir aquilo que for melhor para elas e as ajude a alcançar a melhora.

Em relação aos formatos de trabalho, por exemplo, a pessoa pode trabalhar de forma independente com o que gosta, se tornar um microempreendedor e também ser contemplado com um plano dental para MEI, por exemplo. Ou seja, unir bem-estar, qualidade de vida e a atividade profissional.

Fato é que todos merecem novas oportunidades e, com elas, adquirir força/energia para melhorarem de vida e se cuidarem.

Conteúdo originalmente desenvolvido pela equipe da Ideal Odonto, empresa especializada em planos odontológicos com atendimento acessível para devolver o sorriso dos pacientes.